Como combater o inchaço durante a gestação?

inchaço

Normalmente na fase final da gravidez, o inchaço (ou edema) é um dos problemas mais enfrentados pelas futuras mamães, e tem como causa principal a retenção de líquidos. Assim é considerado, pela maioria dos médicos, um sintoma comum na gestação. No entanto, é preciso estar atenta aos edemas e procurar evitá-los.

Normalmente, os inchaços no último semestre da gestação são percebidos de maneira simples, através da dificuldade de calçar um sapato ou de usar anéis, por exemplo. Ainda que você tenha ganhado peso, esse desconforto nas extremidades, como pés, mãos e tornozelos merece uma atenção especial nos primeiros dois trimestres, quando não é normal ficar com edemas.

Por isso, é claro, a melhor orientação é sempre procurar um médico para compreender as causas do inchaço no seu corpo. Porém, antes ou após a consulta, há uma série de pequenos hábitos que podem ajudar a diminuir esse desconforto, tornando a sua gravidez mais saudável e tranquila. Anota aí:

1. Foque no conforto na hora de se vestir

Invista em saias, vestidos e camisas de tecidos confortáveis

inchaço

Roupas apertadas que geralmente usamos no dia a dia, como calças jeans ou leggings, podem tornar o inchaço ainda mais proeminente. A dica é investir em saias, vestidos e camisas de tecidos confortáveis, além de dar um tempo no uso de sapatos fechados demais.

2. Se alimente de maneira saudável

Diminua a quantidade do sal no uso diário das suas refeições

Se alimente de maneira saudável

Apesar de ser um dos temperos mais comuns na hora de cozinhar, o sal pode ser inimigo de quem possui edemas e outras complicações que envolvem a retenção de líquido, devido ao alto teor de sódio que possui. Excluí-lo ou, pelo menos, diminuir a quantidade no uso diário das suas refeições, pode evitar um aumento desse quadro.

3. Pratique exercícios físicos moderados

Caminhadas leves e exercícios na água ajudam a diminuir o inchaço

Pratique exercícios físicos moderados

Atividades físicas direcionadas e que levem em conta a sua condição de futura mamãe são aconselhadas para prevenir diversos problemas, entre eles os edemas, que podem ser evitados com caminhadas leves e exercícios na água, como hidroginástica ou natação. Não esqueça, é claro, de consultar seu médico sobre o tempo e a prática ideal para o seu quadro gestacional!

4. Abuse de bebidas naturais e vegetais

Beba bastante água

Abuse de bebidas naturais e vegetais

 

Beber bastante água, sucos e frutas ricas em água, como a melancia, pode ajudar a eliminar os líquidos mais rapidamente, além de mantê-la hidratada e ser essencial para o desenvolvimento do bebê. Dica: se não tiver o costume de beber muita água, coloque alarmes no celular, crie metas diárias na agenda e ande sempre com uma garrafinha.

5. Coloque as pernas para cima

Esse hábito pode auxiliar na hora de aliviar a dor e o inchaço das pernas

Coloque as pernas para cima

Literalmente! Esse hábito, nos últimos meses da gravidez, realmente pode auxiliar na hora de aliviar a dor e o desconforto nos membros inferiores. Reserve pelo menos 15 minutos durante a manhã e 15 minutos durante a noite para relaxar, esta atitude ajuda a circulação na região.

Confira o artigo:4 perguntas e respostas sobre o armazenamento de células-tronco

icone-contato-rodape

(85) 3278 4008

(85) 99987 1144 - 24h

criocordcomercial@gmail.com
Rua Isac Amaral, 190
Dionísio Torres CEP 60135-232
Fortaleza - Ceará