Pré-natal odontológico: por que fazer

gravidez

Quando descobre-se uma gravidez, muitas são as dúvidas sobre os cuidados que devem ser tomados. Para que o bebê se desenvolva da maneira mais saudável possível, muitos exames e consultas são feitos durante toda a gestação. Mas você sabia que, além dos cuidados obstétricos já conhecidos, também é importante ir ao dentista?

Isso mesmo! Nem todo mundo sabe, mas fazer um pré-natal odontológico é essencial para manter mamãe e bebê saudáveis, já que a boca é porta de entrada de muitas bactérias e os problemas de saúde nessa região podem afetar diretamente o feto, especialmente no que diz respeito ao ganho de peso da criança, que pode ser limitado.

Porém, se a mãe não possui uma dieta rica em cálcio, o bebê pode ser o próprio causador de problemas bucais como a cárie, já que, o organismo “suga” a maior quantidade para o feto. As próprias alterações hormonais durante a gravidez fazem com que o pH da boca fique mais ácido, o que contribui com o aparecimento das temidas cáries.

Outros problemas muito comuns são a gengivite gravídica (que causa inflamação e sangramentos frequentes na gengiva), a erosão do esmalte dental (causada pela acidez dos sucos gástricos, geralmente em mães que enjoam muito) e a boca seca (que pode ser amenizada com a ingestão de bastante água).

No caso de uma gravidez planejada, esses problemas podem ser evitados com um tratamento adequado antes do início da gestação, que dificultará a aparição de cáries e a inflamação da gengiva, por exemplo. Mas não se preocupe: no caso de uma gravidez não planejada, a maior parte dos tratamentos não afeta o bebê e pode ser feita com total segurança a partir do segundo trimestre.

E como evitar problemas bucais na gravidez?

gravidez

Pode parecer clichê, mas as recomendações dos dentistas se voltam para o redobramento dos cuidados essenciais: uso frequente do fio dental, escolha correta do creme dental (caso uma marca aumente as náuseas durante os primeiros meses da gestação, é necessário que ela seja trocada por uma que poderá fazer a limpeza correta sem causar enjoo), escovação correta e de forma delicada e uso de enxaguantes bucais sem álcool.

E pode ficar sossegada: mesmo os problemas bucais mais chatos, quando causados pela gravidez, costumam desaparecer após o nascimento do bebê.

Só não vale se descuidar por isso, hein?

Confira também o artigo: 5 Dicas para dormir melhor na Gravidez

icone-contato-rodape

(85) 3278 4008

(85) 99987 1144 - 24h

criocordcomercial@gmail.com
Rua Isac Amaral, 190
Dionísio Torres CEP 60135-232
Fortaleza - Ceará